Casa Canto da Lagoa

É necessário contemplar a paisagem que a circunda para entender as linhas de composição desta residência. A vista privilegiada da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, Santa Catarina, foi a diretriz de projeto dos arquitetos Giovani Bonetti e Tais Adriana Marchetti Bonetti.
Alem dessa valorização ambiental inteligente e indispensável, o partido proposto para a casa foi buscar nas linhas limpas da arquitetura contemporânea – com ambientes integrados, ventilados e bem iluminados – a expressão de suas formas. A estrutura de concreto permitiu alguns balanços pórticos, grandes vãos e uma cobertura vegetal , o que possibilitou conforto térmico e efeito visual interessante. Por questões topográficas, mas sem perder a força estética, uma passarela metálica foi projetada para desempenhar a função de via de acesso entre a casa e o pátio de entrada, que ocorre por cima.
Mesmo dentro das limitações físicas de um terreno de apenas 13m de largura, o projeto de implantação seguiu todas as normas de afastamentos legais vigentes na região, denominada de preservação limitada – um afastamento obrigatório para a Lagoa e outro para a rua. Implantada entre ambos, a casa, favorecida pela topografia acidentada, teve a sua planta de 620m² distribuída em níveis, alguns deles com pés direitos duplos, e todos debruçados para a paisagem.
Internamente, como era de se esperar, todos os espaços foram articulados de forma a valorizar ao máximo a vista para a Lagoa; praticamente de todos os ambientes da cada é possível observá-la. Na arquitetura verticalizada da casa, a distribuição dos ambientes e funções pelo corpo dos níveis segue uma hierarquia de conforto e funcionalidade, intimidade e prazer, obedecendo à lógica de seus moradores. As circulações acompanham todos os ambientes, cuja integração ocorre nos sentidos vertical e horizontal.
Anterior Próximo
× Vamos Conversar?